Divulgando Artes
Espaço de Divulgação
23 de Março de 2010

*Estimado/a Leitor/a,***

*Em Penafiel: Apresentação do livro*

*Dia 24 de Março pelas 17 horas em Penafiel *

*Sobre o Autor: **Zeferino Lopes*

Nascido 24 de Março de 1954 em Peroselo (Penafiel) cedo se destacou como bom
aluno na Escola Primária. Fez os estudos secundários no Seminário Diocesano
do Porto e Liceu D.Manuel II (Porto), tendo dispensado do exame de aptidão à
Universidade. Em Janeiro de 1978, licenciou-se em Filosofia na F.L.U. Porto,
com média de 15. De Março/75 a Junho/78, foi Professor de Português,
História, Estudos Sociais e Ciências Sociais nas escolas Preparatórias de
Macedo de Cavaleiros e Ramalho Ortigão (Porto); Professor de Filosofia,
Psicologia, Introdução à Política e Psicossociologia dos cursos
complementares do Ensino Secundário, a partir de 78/79, ano em que realizou
o Estágio Clássico, em Filosofia, na Esc. Sec. Rodrigues de Freitas (Porto).
Leccionou na Esc. Sec. de Artes Decorativas (Porto) e Sec. do Marco de
Canaveses. Desde 82/83, é professor efectivo – titular(?) (PQND) da Esc.
Sec. de Penafiel onde exerceu vários cargos tais como delegado de grupo,
coordenador dos directores de turma, membro do conselho directivo, delegado
de disciplina, coordenador de departamento. Foi também Professor/Monitor de
Marketing num curso de formação profissional subsidiado pela Comunidade
Europeia. Concluiu o mestrado em Filosofia/Antropologia na Fac. de Filosofia
de Braga (Univ. Católica Portuguesa) em 20/Nov./97 com a dissertação “René
Girard: uma ciência religiosa, uma ciência do humano” obtendo a
classificação de Muito Bom. Leccionou, como Professor adjunto, Filosofia da
Educação no Inst. Sup. de Ciências Educativas (ISCE - Felgueiras) no ano de
2000. Frequentou Cursos Intensivos Erasmus sobre Antropologia Filosófica e
Antropologia Clínica nas Universidades: Facultés Universitaires de
Notre-Dame de La Paix em Namur - Bélgica (Set. 1995), Université de Rennes 2
- França (Set. 1996) e Colóquio Internacional de Antropologia Clínica nesta
última, Département Sciences du Langage - França (Maio 1995). Fez uma
pós-graduação em Turismo realizada na Univ. Moderna (Porto) pela URBE.
Publicou, para além de pequenos artigos em jornais, um artigo intitulado
«Para uma Nova Ciência dos Mitos» na perspectiva de René Girard, na Revista
Portuguesa de Filosofia, Tomo LVI, Fac. de Filosofia de Braga - UCP,
Jan./Jun. 2000, pp.143-160. Em 2007 doutorou-se em Filosofia pela Univ.
Católica Portuguesa (Fac. Filosofia de Braga) com a tese O Futuro Hoje -
economia, violência e sagrado na perspectiva de Jean-Pierre Dupy, sob a
orientação do Professor José Miguel Dias Costa. Tem uma perspectiva
simultaneamente ética e estética da cultura e da ciência. Por este motivo,
interessa-se pela defesa do património natural e cultural e apoia os
movimentos em defesa do ambiente e da não-violência. Ultimamente, pela força
das circunstâncias, tem escrito vários artigos de reflexão crítica sobre a
política educativa e que compõem a presente colectânea publicada na editora
Temas Originais, intitulada “Professor à beira de um ataque”.

*Professor à beira de um ataque
(Crónicas)*

*Sinopse*: "uma excelente reflexão sobre os actuais problemas que afectam as
políticas do ensino e da educação em Portugal, feita por uma pessoa que se
assume como professor, filósofo e cidadão." (José Miguel Stadler Dias Costa
e José Caridade Lobo, do Prefácio)**

*Em Vila Verde**: Lançamento do livro de Contos*

*O autor, **José Ilídio Torres**, e a Temas Originais têm o prazer de o
convidar a estar presente na sessão de lançamento do livro “**Para além do
tempo**” a ter lugar na Biblioteca Municipal de Vila Verde – Professor
Machado Vilela, em Vila Verde, no próximo dia 26 de Março, pelas 21:00. *

*Obra e autor serão apresentados pelo poeta Xavier Zarco e esta sessão
contará com um momento musical por Alcino, que interpretará poemas do autor
que recentemente musicou.*

*Sobre o Autor: **José Ilídio Torres* **

Nasceu em Agosto de 1967 em Barcelinhos, freguesia encostada ao rio Cávado e
à cidade de Barcelos. Desde muito cedo revelou especial apetência pela
leitura e pela escrita, tendo pertencido ao corpo redactorial que fundou a
revista Amanhecer da E.S.B. Mais tarde, estudante de Direito em Coimbra, foi
premiado em poesia num concurso promovido pela Associação Académica. Cursou
Arqueologia na Faculdade de Letras do Porto, mas acabou licenciado em ensino
pelo ISCE, desempenhando a função de professor no ensino oficial. Pelo meio
o jornalismo, em títulos regionais como o “Notícias de Barcelos”, “Barcelos
Popular” ou “Primeiro de Janeiro”. Em 2007 começou a editar os seus textos e
poemas. Tem dois livros publicados: “A tristeza matou os peixes que nadavam
nos teus olhos” – Contos e poesia; e “Contos de Água e Areia”- Contos.

*Para além do tempo*
* (Contos)*

*Sinopse*: "… De indiscutível pendor literário, não raramente documentado em
momentos de verdadeira prosa poética, os contos desta colectânea revelam
claras reminiscências populares, através de acções centradas em personagens
invulgares, sobretudo femininas, onde o ritual mágico do maravilhoso reenvia
o leitor para um universo muitas vezes simbólico e fantástico com acentuadas
influências das tradições dos contos populares…" (do Prefácio, de Luís
Manuel Cunha)

*Em Lisboa: Lançamento do Romance*

*O autor, **Luís Mota**, e a Temas Originais têm o prazer de o convidar a
estar presente na sessão de apresentação do livro “**Anjo de Guarda**” a ter
lugar no Auditório do Campo Grande, 56, em Lisboa, no próximo dia 27 de
Março, pelas 16:00*

*Sobre o Autor: **Luís Mota* **

Filho de um metalúrgico e uma Dona de casa, nasce em Lisboa a 29 de Maio de
1961, vivendo a sua infância e início de adolescência em São Tomé e
Príncipe. Teve as mais diversas actividades: de técnico de manutenção e
assistente de centros de secagem de tabaco a serralheiro mecânico; de
electricista de instalações industriais a soldador de electrogéneo e fibra
de vidro; passando pela fabricação e montagem de equipamento industrial,
essencialmente quadros eléctricos e electrificação de pedreiras com autómato
até assistente de instalação de dependências bancárias, manutenção geral da
Faculdade de Letras de Lisboa, motorista de longo curso, proprietário de um
Café, e finalmente manutenção geral de edifícios em Londres desde 2003. Fez
o Curso Geral de Liceus no "Liceu Normal Pedro Nunes" à Estrela e apenas aos
trinta anos entra para a Faculdade, por carolice, para fazer Geografia
Física e Planeamento Regional. Uma das sua paixões. Não conclui o curso por
incompatibilidade. Outra é a pesca desportiva, sobretudo a caça submarina.
Na Faculdade chegou mesmo a participar na Antologia de Letras com poemas e
alguns esboços a carvão, assim como com diversos textos em prosa numa
publicação em que participavam também muitos professores. Em 2007 foi
internado no University College of London Hospital com uma Leucemia aguda.
Passei por quatro cursos de quimioterapia e um de Radioterapia para o que
estive internado entre a vida e a morte durante mais de 14 meses. Vive um
dia de cada vez, fazer com que valha a pena cada dia, dar-se ao prazer de
contemplar. Está a concluir um outro livro. Atreveu-se a um romance que vem
com bases de vida real (acha melhor começar por escrever coisas de que tem
conhecimento), mas não tem quaisquer expectativas em o lançar. Escreve
porque lhe dá prazer.

*Anjo de Guarda*
* (Romance)*

*Sinopse*: “Anjo de Guarda” é um relato feito na primeira pessoa, pleno de
sensibilidade, vivido em Londres por um doente com leucemia. Uma história
forte, entre o medo e a coragem.

*Na Amadora: Apresentação do livro de Contos*

*O autor, **Joaquim Evónio**, e a Temas Originais têm o prazer de o convidar
a estar presente na sessão de apresentação do livro “**Sombra em Clave de
Sol**”, a ter lugar na Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, sita na
Avenida Conde de Guimarães, 6, Reboleira na Amadora, no próximo dia 27 de
Março, pelas 17:00. Obra e autor serão apresentados pelo poeta José Félix e
pelo próprio, respectivamente.*

*Sobre o Autor: **Joaquim Evónio*

Nasceu no Funchal, Madeira - Portugal, 1938. Publicou “Sombra em Clave de
Sol”, Contos, Universitária Ed. Lisboa, 1999 (esg.) e “Esboços Pessoanos”,
(5.ª ed. 5 línguas), poemas sobre desenhos de José Jorge Soares, Edição dos
Autores, Lisboa, 2009. Autor de diversos ensaios, prefácios e recensões.
Antologiado em numerosas colectâneas. Membro da Associação Portuguesa de
Escritores (APE), da Associação Portuguesa de Poetas (APP), do Instituto
Açoriano de Cultura (IAC), da União Lusófona das Letras e das Artes
(U.L.L.A) e sócio honorário da Ordem Nacional dos Escritores do Brasil
(ONE). Comendador da Ordem Heráldica da Paz Universal. Agraciado pelo
Parlamento para a Segurança e Paz Mundial com a Medalha de Ouro d' O
Pacificador da ONU Sérgio Vieira de Melo. Gere, desde Fevereiro de 2004, a
“Varanda das Estrelícias - Uma Ponte sobre os Oceanos” –
www.joaquimevonio.com -, onde promove a difusão da língua e cultura
lusófonas, recebendo colaboração de Artistas, Poetas e Escritores
exclusivamente em: espacoabertovaranda@gmail.com (artes plásticas, poesia e
prosa). Contactos: je-007@netcabo.pt; joaquim.evonio@gmail.com

*Sombra em Clave de Sol *
(Contos)

*Sinopse*: Joaquim Evónio constrói, através desta colectânea de contos, uma
obra insinuante no panorama das letras portuguesas. O escritor, nos seus
momentos de evasão à vida quotidiana, inventa um universo pontuado de
luminosidades, de fantasias e de sonhos. Às vezes, como em «Vazio», o
próprio acto da escrita é um devaneio. (do prefácio, por Luís Dantas)

*Em Lisboa: Lançamento do livro de Crónicas*

*O autor, **Mário Nóbrega**, e a Temas Originais têm o prazer de o convidar
a estar presente na sessão de lançamento do livro “**A vida tem cada
coisa...**” a ter lugar no Auditório do Campo Grande, 56, em Lisboa, no
próximo dia 27 de Março, pelas 19:00. *

*Obra e autor serão apresentados pelo jornalista Rogério Azevedo.*

* *

*Sobre o Autor:** Mário** Nóbrega*

Nasceu no dia 16 de Janeiro de 1950, em Lisboa, no bairro de Alcântara,
quase paredes-meias com o Estádio da Tapadinha, do Atlético, relvado onde
jogou treinado por Joaquim Meirim, António Morais e Carlos Baptista.
Excepção feita a uma colaboração no jornal Lisboa Jovem, editado pelo
pelouro cultural da Câmara Municipal de Lisboa, na década de 80, a sua
carreira fez-se na área do desporto. Começou-a no primeiro mês de 1972, em O
Primeiro de Janeiro, continuou-a pelo Jornal de Notícias (duas vezes), O
diário, Gazeta dos Desportos (duas vezes), O Jogo (duas vezes), Golo (duas
vezes), ingressando nos quadros de A BOLA em Julho de 1993. Teve, ainda,
colaboração esporádica no Diário de Lisboa e no Público. Desempenhou funções
de redactor principal, editor, subchefe e chefe de redacção. Às vezes
parece-lhe que a sua viagem pelo fascinante mundo do jornalismo começou
ontem... mas já lá vão 38 anos!



*A vida tem cada coisa...*
(Crónicas)
*Sinopse*: Aqui encontra-se uma selecção das suas opiniões em A BOLA,
publicadas de 2007 a 2009, na rubrica chamada Coisas da Vida, alterada para
dar título a este livro porque A vida tem cada coisa...

*Os nossos eventos têm Entrada Livre! *

*Se puder, apareça! *

*Se puder, divulgue, s.f.f. *

*Saiba mais em: *

*http://www.temas-originais.pt/*
publicado por divulgandoartes às 12:03 link do post
 O que é? |  O que é? | favoritos
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Bom saber que este blog divulga as artes e em part...
Lá estarei, na Amadora :-)))
Ideia interessante e útil. Vou colocar nos meus li...
fico grato pela visita ao meu blog e, este seu blo...
blogs SAPO