Divulgando Artes
Espaço de Divulgação
29 de Abril de 2009

Exmos. Senhores,



Inaugura no próximo dia 9 de Maio na Tinturaria - Centro de Exposições da Covilhã,uma grande exposição Internacional de Arte.


A favor da Cultura,
Com os nossos melhores cumprimentos,
Luis Athouguia


Colectivo Cillero
Câmara Municipal da Covilhã







CENTRO DE EXPOSIÇÕES DA COVILHÃ

ROSSIO DO RATO - 6200-050 COVILHÃ

Grupo Internacional de Artistas

COLECTIVO CILLERO

expõe na Covilhã

PINTURA, ESCULTURA, FOTOGRAFIA, CERÂMICA, VIDRO, POESIA

Inauguração dia 9 de Maio, Sábado, às 18h00

Por convite do Município da Covilhã, o grupo internacional de Artistas Colectivo Cillero apresenta uma exposição multidisciplinar intitulada “CIDADES - o artista e sua envolvência”, no Centro de Exposições - Tinturaria.

Uma exposição que pretende inter-relacionar diversas disciplinas artísticas representadas por criadores de nacionalidades distintas à volta do conceito da arte e do âmbito geográfico.

Representa plasticamente um espaço simbólico (cidade) onde concretizar uma realidade comum, próxima de todos e cada um dos artistas.

Define-se esta realidade comum, como uma identidade colectiva capaz de interactuar sobre a criação, com a convicção de que as suas acções criadoras podem representar tanto uma realidade local como global, criando um espaço de reflexão sobre a relação que se estabelece entre o artista e a sua envolvência e como se manifesta na sua obra.

O Colectivo Cillero, conta com 10 anos de actividade artística. Durante uma década a associação, que nasceu em Albacete, Espanha, vem realizando uma actividade cimentada no respeito, tolerância e diversidade como fonte de riqueza.

É formado actualmente por artistas de Espanha, França, Alemanha, Croácia, Portugal (representado pelo pintor Luis Athouguia) e Japão. Os seus membros, além de cidadãos residentes na Europa, identificam-se plenamente com o que este continente tem representado e representa na área da cultura e da arte para todo o mundo.

Realizaram recentemente exposições em Madrid, Toledo, Albacete e Hellin em Espanha, em Baignes em França, manifestam-se agora na Covilhã e terminarão o ano em Bad Neustadt, na Alemanha. Todos eles participam neste projecto com as suas últimas criações artísticas.

Esta é uma mostra que merece ser vista, descodificada e fruída com todo o empenho e sentido crítico.

Patente até 13 de Junho

Terça a Sexta das 10:00 às 20:00 / Sábado das 14:00 às 20:00 horas



Artistas Participantes:



ALICIA CASTRO LÓPEZ

Medina del Campo, Espanha - Pintura

CORINNE MEDINA-SALUDO

Poitiers, França - Pintura

DIMITRIJE KATALINIC “DIMI”

Split, Croácia - Pintura

FERMÍN DE BEDOYA

Valência, Espanha - Escultura

FRIEDHARD MEYER

Nuremberga, Alemanha - Pintura

HERNÁNDEZ OTERO

Madrid, Espanha - Pintura

JESÚS DÍAZ HERNÁNDEZ

Madrid, Espanha - Poemas

LUÍS ATHOUGUIA

Cascais, Portugal - Pintura

LUIS MACHÍ GÓMEZ

Valência, Espanha - Vidro

MANUEL RUIZ GARCIA

Villaverde de Guadalimar, Espanha - Fotografia

MICHIKO TOTOKI

Tóquio, Japão - Fotografia

PABLO BAEZA

Albacete, Espanha - Pintura

RAFAEL CATALÁN YNSA

Barcelona, Espanha - Cerâmica



publicado por divulgandoartes às 00:00 link do post
 O que é? |  O que é? | favoritos
28 de Abril de 2009

Convite

Site Oficial:
www.7pecados.blogtok.com

A antologia

Antologia (ανθολογ¯α ou "coleção de flores", em grego), é uma coleção de trabalhos literários, geralmente poemas, agrupados por temática, autoria ou período.
A palavra vem do nome da mais antiga antologia que se tem conhecimento, organizada pelo poeta grego Meléagro.

Sites/Entidades promotoras:

BlogTok + Associação às-artes + Assoc. X + Núcleo MIL de Barcelos

www.blogtok.com
www.as-artes.blogtok.com
www.silaba.org
www.movimentolusofono.blogtok.com

Brevemente novas entidades darão corpo a este projecto.
Você está convidado a participar do ciclo poético consagrado aos 7 Pecados Capitais
Um projecto Lusófono.

Ciclo poético dos 7 Pecados Capitais

Os 7 Pecados Capitais:
Vaidade-Avareza-Ira-Preguiça-Luxúria-Inveja-Gula + Pecados

Serão 7 os Ciclos, conforme acima exposto.
Após o "término" destes ciclos avançaremos para a Publicação da Antologia

Critérios de participação

Dados necessários para participação virtual nos Ciclos

1- Local de nascimento, cidade.
2- Enviar até máximo de 3 poemas sobre cada ciclo.
3- Podem/devem enviar uma foto por poema ou escolher as pinturas indicadas dos artistas participantes.
4- Cada ciclo será divulgado na internet em site próprio assim como nos sites das entidades/promotores.
5- Os ciclos poéticos serão divulgados, preferencialmente em site próprio, no BlogTok, Às-Artes e em diversos sites.

Obrigatório para Publicar na Antologia "Pecados":

1- Deverá mandar perfil com foto e email
2- Escolha de 1 poema para publicação

Antologia: (Publicação em Livro)

Os 7 Pecados Capitais:
Vaidade-Avareza-Ira-Preguiça-Luxúria-Inveja-Gula

É uma produção Lusofona de cariz preferêncalmente virtual.


Depois de cumpridos os 7 ciclos, faremos uma ANTOLOGIA dedicada aos mesmos
Cujo tema serão os “Os 7 pecados capitais”.

Esta antologia será impressa em papel (LIvro) e cada autor participará da mesma com
1 texto (poesia) à sua escolha. Pode ser texto geral dedicado aos 7 pecados em conjunto

A Antologia será paga da seguinte forma:
(participação facultativa)

Cada autor pagará o valor simbólico do custo de um Livro que lhe será entregue ao domicilio. O valor a pagar será o menor possível visto que este é um projecto de todos e para todos sem qualquer fim lucrativo da parte do mesmo. Tudo faremos para apresentar um preço base bastante simbólico e procuraremos patrocinadores para o efeito.
O autor não é obrigado a participar da mesma visto que é um acto livre e pessoal.
Participar nos Ciclos não obriga a participar na Antologia. Nem é obrigatório participar em todos os ciclos

Forma de entrega dos textos:

Para QUALQUER dos seguintes emails:

giselemos@yahoo.com.br
ibernise@hotmail.com
jsl@blogtok.com
flaviolopesdasilva@sapo.pt
joseilidiotorres@sapo.pt

Outros a divulgar brevemente

Atenção:
Faremos revisão dos textos dentro do humanamente possível. Não faremos críticas, exclusão ou qualquer forma de censura.
Cada um deve-se responsabilizar pelos textos enviados.
Revisão e digitação, ficarão por conta dos autores dos poemas.
Faremos a diagramação e a respectiva a capa.
A postagem do texto nos sites promotores assim como em diversos Blogs de autores
Opiniões e outras questões não discutidas aqui, podem ser enviadas por email.

Distribuição futura por eBook, PDF, Word, etc dos livros virtuais afectos a cada ciclo

Agradecemos e aguardamos

Um projecto Lusofono

Artistas participantes:

http://afmach.blogtok.com/
http://kuak.blogtok.com/
http://martinlaspina.blogtok.com/
http://raspinja.blogtok.com/
http://stvnski.blogtok.com/
http://uamusse.blogtok.com/
http://yoko.blogtok.com/
http://pedroildo.blogtok.com/

e outros artistas presentes no BlogTok.com

Brevemente mais participantes
Quem desejar participar pode enviar email para o efeito

PARTICIPA

Site Oficial
www.7pecados.blogtok.com

Estes ciclos serão intermináveis. Estarão expostos na Internet e abertos a participação para quem assim desejar:

Inscreve-te e publica. Se não consegues fazer isso envia mail para a nossa equipa.

publicado por divulgandoartes às 09:48 link do post
 O que é? |  O que é? | favoritos
21 de Abril de 2009


No próximo dia 25 de Abril às 22.00h vai acontecer DIZER E CANTAR ZECA AFONSO no Complexo U.D do Mucifal, Sintra.
Antes e no mesmo espaço irá decorrer a abertura da exposição colectiva de fotografia "Emoções, Sensações e Liberdade", que estará patente ao público até ao dia 3 de Maio.
Local: Rua do Complexo Desportivo, Mucifal – 2705 Colares/Sintra.

Indicações de como chegar ao Complexo:
http://www.mapadeportugal.net/localidade.asp?n=mucifal&c=1111&t=gr
(No Mucifal basta seguir as indicações das placas de cor laranja a dizer Complexo Desportivo)

A exposição colectiva vai contar com a presença dos seguintes fotógrafos:
- António Vieira da Silva
- Helena Paixão
- José AS Figueira
- Nuno de Sousa
- Ricardo Calha

Gostaríamos de os convidar a estar presentes na abertura da exposição, da mesma forma que gostaríamos de lhes pedir, na medida do possível, a divulgação deste evento. Além da exposição fotográfica anunciada haverá ainda nesta noite uma exposição de instrumentos musicais e Poesia e Musica em homenagem a Zeca Afonso com Paulo Lawson (Voz) e Luís Santos (Guitarra) e poemas de e ditos por alguns poetas do concelho de Sintra.

Gratos pela vossa colaboração e até lá.

Cumprimentos,
Jozé Sabugo
casadascenas@gmail.com

publicado por divulgandoartes às 10:02 link do post
 O que é? |  O que é? | favoritos
20 de Abril de 2009

Entregue em cerimónia pública a 23 de Abril

MARIA ARAÚJO DA SILVA É VENCEDORA

DO PRÉMIO LITERÁRIO ONDINA BRAGA


Maria Araújo da Silva, com um trabalho assinado sob o pseudónimo de Maria Lucas, é a vencedora do “Prémio Maria Ondina Braga” promovido pelo Município de Braga para «honrar a memória» da escritora bracarense. “Maria Ondina Braga - A Viagem em Demanda de Identidade” obteve a apreciação unânime do júri convidado pelo Pelouro Municipal da Cultura.

No trabalho vencedor, a autora «analisa com sagacidade temas essenciais para a compreensão da obra de Maria Ondina Braga, tais como a demanda da identidade, a abertura ao exótico e ao diferente na perseguição da alteridade, o jogo da revelação-ocultação do universo feminino e da sua dignificação e o regresso à infância».

O trabalho motiva «viva recomendação» dos membros do júri à sua edição, uma vez que «constituirá um notável enriquecimento da crítica ondiniana e contribuirá para a divulgação e conhecimento a nível nacional da ilustre escritora bracarense».

De acordo com a Vereadora da Cultura, o prémio – no valor de 2500 euros – é entregue em cerimónia pública a realizar quinta-feira (23 de Abril, 21h30), na Biblioteca Craveiro da Silva.

Maria Araújo da Silva é professora na Escola Secundária de Esposende, leccionando também Língua Portuguesa e Língua Francesa numa Universidade de Paris.

Instituído pelo Município de Braga, o Prémio Literário Maria Ondina Braga tem como objectivo desenvolver o gosto pela leitura e pela escrita e, assim «honrar a memória desta insigne escritora, nascida e falecida na cidade e cuja obra representa um património da mais elevada importância para a cultura nacional e um grande motivo de orgulho para todos os bracarenses».

O concurso é aberto à participação de cidadãos nacionais ou estrangeiros, desde que naturais ou residentes nos distritos de Braga e Viana do Castelo.

Maria Ondina Braga nasceu em Braga a 13 de Janeiro de 1932, onde fez os estudos liceais. Iniciou-se nas letras através da poesia, tendo publicado dois livros de poemas, a par de crónicas de carácter social para jornais bracarenses.

Instalou-se em Inglaterra e depois em França, aliando o trabalho e o estudo. Como docente, ensinou Inglês e Português em Angola, em Goa (onde assistiu à ocupação indiana) e também em Macau, entre 1959 e 1965.

Herdeira de «uma poderosa tradição clássica», mas aqui e ali «sobressaltada por um especial instinto de renovação», Maria Ondina Braga «combina» com extrema sensibilidade a «memória, conto, novela, romance e crónica», tendo sido tradutora de autores como Graham Greene, Bertrand Russel, John Le Carré, Herbert Marcuse, Anaïs Nin e Tzvetan Todorov.

Depois de ter vivido grande parte do seu tempo em Lisboa – onde colaborou também com jornais e revistas como o “Diário Popular”, “A Capital” e “Colóquio/Letras” –, Maria Ondina Braga recolheu-se em Braga, tendo sido homenageada pela Câmara Municipal (1990), que lhe atribuiu igualmente a Medalha de Ouro da cidade (1994).

Para o também reconhecido José António Barreiros, Ondina Braga é «exemplo de uma escrita no feminino, excepcional pela sensibilidade, pela densidade dos sentimentos, pela agudeza da observação humana»: «reclusa no seu universo pessoal, está ali contida, num interior existencial, a totalidade da essência do mundo que vale a pena ser vivido; transmuta a carne em alma, toda a Natureza na Pessoa pela alquimia da literatura».

Câmara Municipal de Braga, 20 de Abril de 2009

P’ O Gabinete de Comunicação,

(João Paulo Mesquita)


publicado por divulgandoartes às 00:00 link do post
 O que é? |  O que é? | favoritos
19 de Abril de 2009

António Paiva, nasceu a 21 de Março, de 1959, em Santo André, Vila Nova de Poiares, uma vila situada entre a Serra da Lousã e o Rio Mondego. Cresceu na aldeia do Travasso, concelho de Penacova. Uma aldeia de isolada na época, a estrada que a servia terminava na própria aldeia, sem ligação à sede do concelho.

Por lá estudou e pastoreou até à idade de 18 anos, a partir daí foi para a cidade de Coimbra, onde prosseguiu os estudos e iniciou a sua vida profissional. No ano de 2000 decidiu rumar à bela ilha da Madeira, onde reside actualmente.

Apesar de a escrita o acompanhar desde muito cedo. Só em finais de Agosto de 2006, surge a publicação do seu primeiro livro de poemas, “Juntando as Letras”. Em Maio de 2007, é editado o seu segundo livro, “Janela do Pensamento”, uma compilação de poemas e prosa poética. Quase a terminar o ano, em Outubro de 2007, nasce mais um livro de poemas e prosa poética, intitulado “Navegando nas Palavras”. No ano de 2008 fez parte de um grupo de onze autores, que lavraram e assinaram as páginas do livro, “Leituras Soltas”, uma edição conjunta da Fnac e da editora O Liberal, lançado a 13 de Dezembro.

Em Dezembro de 2007, O Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais, confere-lhe o Diploma de Honra e Mérito ao Escritor.

Os livros “Juntando as Letras”, “Janela do Pensamento” e “Navegando nas Palavras”, para além da poesia e da prosa poética, têm um outro denominador comum, que muito orgulha o autor. Angariam fundos para instituições, que apoiam e acolhem crianças carenciadas e em risco. Aldeias de Crianças SOS de Portugal, Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro, Núcleo Regional da Madeira e Ajuda de Berço, instituição que acolhe crianças em risco dos 0 aos 3 anos de idade.

De igual modo o livro “Leituras Soltas” em que participou, a totalidade da receita das vendas, reverte a favor da AMI e do Rotary Club do Funchal.

O autor conta já com um considerável número de escolas visitadas, no Continente e na Ilha da Madeira. Fomentar o gosto pela leitura e pela escrita, junto dos mais jovens, têm-lhe proporcionado dos mais gratificantes momentos na sua vida, quer como homem, quer como escritor. Sendo por isso, uma actividade que procurará intensificar, e tudo fará para responder afirmativamente, a todas as solicitações que lhe forem endereçadas nesse sentido


Agenda do livro Pedaços de Vida e Fantasia, de António Paiva

Sessão de Lançamento na Fnac NorteShopping

Dia 24 de Abril pelas 21,30

Apresentação da obra pelo escritor e poeta José Torres.

Momento musical, pelo músico, poeta e escritor Flávio Lopes da Silva, acompanhado pelo músico Miguel Duarte.


Sessão de Apresentação na Biblioteca Municipal de Anadia

Dia 26 de Abril pelas 16 horas

Apresentação da obra pelos alunos do 11º Ano, da Turma de Literatura Portuguesa, da Escola Secundária de Anadia

Preparação e coordenação da Professora Dulcineia Borges

Com o patrocínio da Câmara Municipal de Anadia, Biblioteca Municipal de Anadia, e Vinícola Castelar.


Sessões de Apresentação em Montemor-o-Velho

Dia 27 de Abril pelas 11 horas

Associação Diogo de Azambuja – Escola Profissional de Montemor-o-Velho
Estrada Nacional 111

Dia 27 de Abril pelas 14 horas

Associação Diogo de Azambuja – Escola Profissional Agrícola Afonso Duarte
Largo da Feira – Montemor-o-Velho


Sessões de Apresentação em Gafanha da Nazaré

Dia 28 de Abril manhã e tarde

Escola Secundária c/3ºCEB da Gafanha da Nazaré
Rua Dr. António Vilão


Sessão de Apresentação em Lisboa, na Livraria Bulhosa Books & Living – Campo de Ourique

Rua Tomás da Anunciação, nº 68 B

Dia 1 de Maio pelas 16 horas

Apresentação da obra a por Ana Correia e pelo poeta Vítor Cintra, autor do prefácio ao livro.

Conferindo ao evento maior dimensão cultural, estarão expostas durante a sessão, pinturas de Helena Paz.


Sessão de Apresentação na Fnac Coimbra

Dia 2 de Maio pelas 21:30

Apresentação da obra por Paula Cação e pelo poeta Policarpo Nóbrega.

Um evento a não perder por quem goste de emoções fortes.


Sessão de Apresentação na Fnac Madeira

Dia 9 de Maio pelas 17 horas

Apresentação da obra por Paula Trigo.

Estão garantidos momentos surpreendentes durante a sessão, que não são revelados, para estimular apetites.

Página do Autor António Paiva: www.antoniopaiva.net

publicado por divulgandoartes às 02:07 link do post
 O que é? |  O que é? | favoritos
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
17
18
22
23
24
25
26
27
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Bom saber que este blog divulga as artes e em part...
Lá estarei, na Amadora :-)))
Ideia interessante e útil. Vou colocar nos meus li...
fico grato pela visita ao meu blog e, este seu blo...
blogs SAPO